Provocando o estímulo à resposta (call-to-action) em campanhas de e-mail marketing.

Provocando o estímulo à resposta (call-to-action) em campanhas de e-mail marketing.

Você já conseguiu superar os principais desafios para conquistar a atenção do cliente potencial, escapou com inteligência dos filtros anti-spam e despertou o interesse com um assunto (subject) provocante. Agora sua missão é fazer com que o leitor inicie a interação com sua empresa, motivado por uma edição perfeita do conteúdo do e-mail. Geralmente ações de Marketing Direto buscam estimular a resposta do usuário, o call-to-action, você envia a mensagem esperando que ele interaja de alguma forma com sua comunicação, geralmente através de cliques. Partindo daí muita inteligência pode ser aplicada…

O ponto número um de atenção é na construção da peça, sua forma de comunicação e principal instrumento para análise do comportamento dos interesses de seu público. Como em toda comunicação para a Internet, evite usar textos muito longos e cansativos, utilize o e-mail apenas como uma forma de chamada para o conteúdo. Se precisar apresentar mais informações, convide a acessar seu site, assim você saberá quais os links mais clicados, quais usuários, de quais perfis, clicaram em cada um dos links.

É comum encontrar campanhas de E-mail Marketing que contenham apenas imagens. O uso excessivo de imagens em e-mail acaba sendo prejudicial: muitos leitores as bloqueiam, são demoradas para carregar e estudos comprovam que o uso de imagens não aumenta a taxa de resposta, lembre-se que você está usando e-mail e não mala direta. E-mails contendo links ao longo do texto recebem 54% mais cliques que links em imagens, o usuário está mais acostumado a localizar os links em texto.

Evite apresentar vídeos ou chamadas em Flash, essas funcionalidades podem ser bloqueadas pelos leitores de email e você perderá uma oportunidade de passar sua mensagem a alguns usuários. Sempre que preciso coloque uma imagem que faz chamada ao recurso multimídia e faça um link para seu Site, assim você evita possíveis bloqueios e monitora os cliques dos usuários.

Um dos indicadores de resultados mais concretos em ações de E-mail Marketing é a taxa de cliques/leitura, que indica o grau de interação dos usuários com a sua mensagem. Quanto maior, melhor. Quanto mais cliques forem feitos no email, mais visitantes foram direcionados para seu Site, maiores as chances de venda e exposição de seu produto. 11% das vendas online no varejo acontecem por campanhas de E-mail Marketing, esse número por si só já é um grande motivador para trabalhar bem o estímulo a resposta.

Analisar os cliques realizados em suas ações é a atividade de inteligência mais básica a ser realizada. Quem foram os usuários que clicaram? Qual o link mais clicado? Por que ele foi mais clicado? Quem eu queria que clicasse, clicou? E quem leu mas não clicou, fica assim mesmo? Monitorando o comportamento de seus clientes muitas idéias surgirão e mais inteligência poderá ser adicionada em suas próximas ações.

Fonte: http://www.zartana.com/newsletter/edicao6_artigo.html