Ao longo destes quase 1 mês de criação do Blog do E-mail marketing, eu tenho estudado mais a fundo cada detalhe deste mercado tão competitivo do marketing digital. Um dos pontos mais esquecidos nesta estratégia é de fato o subject (linha de assunto) de seu e-mail e este pode ser um dos fatores mais importantes na construção de uma boa estratégia.

Se pensarmos que segundo estimativas recentes mais de 144 milhões de e-mails chegam nas caixas de entrada todos os dias, isso acaba se tornando um jogo de sobrevivência.

Então algo fica no ar. Será que os nossos profissionais de e-mail marketing no Brasil estão se atentando para esta questão de grande importância? Será mesmo que estamos dedicando tempo para criar uma boa estratégia de subject line?

A verdade é que 9 em cada 10 profissionais do mercado de marketing digital não dedicam tempo algum neste ponto mas sim em criar um texto efetivo, ter um bom layout, etc.

A sua linha de assunto pode ser a chave do sucesso para que seus e-mails sejam realmente abertos. Para que possamos chegar ao tão sonhado clique dentro de nossas campanhas necessitamos que esta primeira etapa seja cumprida.

Então, pesquisei o assunto em vários artigos internacionais relacionados e trouxe pra você algumas dicas fundamentais que vão ajuda-lo a melhorar a sua taxa de abertura.

Seja breve

Mantenha sua linha de assunto o mais curta possível. Além de existir uma concorrência enorme pela atenção de seu leitor e com isso também sua impaciência pela falta de tempo, você deve levar em conta que uma grande quantidade de e-mails estão sendo lidos em dispositivos móveis como smartphones e tablets. Seja o mais breve possível, inclua as palavras-chave que chamem atenção e que estejam ligeiramente relacionadas com o conteúdo da mensagem.

 

Desperte a curiosidade

Não desperdice este espaço utilizando palavras como “Olá” que não agregam nenhum valor à mensagem. Ao elaborar a sua linha de assunto, pense que a curiosidade é uma ferramenta poderosa para chamar a atenção do ocupados e dispersos de atenção. Porém, tome cuidado para que sua linha de assunto não seja contraditória ao seu conteúdo.

Um dia desses um grande profissional de marketing do Brasil que tem meu respeito e admiração, colocou uma frase na linha de assunto que trouxe grande despertamento, mas que também gerou revolta em alguns leitores. Ele utilizou uma frase “nota de falecimento” na linha de assunto, mas seu conteúdo falava de cursos. Posteriormente ele precisou criar um vídeo de pedido de desculpas.

Utilizar truques para aumentar suas taxas de abertura pode fazer com que você perca a confiança de seus assinantes. Muito cuidado com isso.

 

Seja pessoal

Torne a sua linha de assunto o mais pessoal possível, trazendo intimidade e construindo relacionamento com a sua lista. Você deve incluir o seu nome ou o nome de seu blog para que eles saibam rapidamente  de quem veio o e-mail.

As pessoas também adoram receber a sua experiência pessoal quando te admiram e respeitam como profissional. Se ela assinou o seu conteúdo é porque ela realmente tem interesse por ler sua informação. Mas tome cuidado para não fazer das suas experiências pessoais algo contraditório com aquilo que você oferece no seu site. Um exemplo rápido é você vender produtos de saúde no seu blog e contar uma experiência recente de abusos que teve e saíram fora do contexto.

 

Torne a mensagem encontrável

Existem grandes chances do seu leitor não ler o seu e-mail ao recebê-lo em sua caixa de entrada por falta de tempo e não poder se concentrar nisso naquele momento. É aconselhável dar ao seu assinante uma maneira fácil de voltar àquela mensagem quando tiver mais tempo para isso. Se concentre em elaborar uma linha de assunto facilmente pesquisável para posterior leitura. A Adestra criou um relatório utilizando mais de 2 milhões de e-mails de vários segmentos e analisou as palavras que estão nos e-mails mais abertos. Você pode ter este relatório aqui.

 

Crie senso de urgência, mas com moderação

Justamente pelo fato das pessoas muitas vezes não poderem ler o e-mail naquele momento, você deve criar um senso de urgência na linha de assunto dando às pessoas uma boa razão para abrí-lo imediatamente.

Esta promoção é sensível ao tempo, é sazonal, algo que estará disponível por tempo limitado? Use palavras que expressem restrições de tempo ou de urgência na linha de assunto.

Porém, tome cuidado para não desrespeitar o seu assinante, é importante equilibrar uma chamada à ação com um sinal de que você também respeita o seu tempo. Frases como “Responda imediatamente” podem soar como arrogantes, portanto senão estiver dentro de campanhas restritas pelo tempo, retire a pressão de seu leitor usando frases como “não precisa responder”.

 

Em um relatório do Mckinsey Global Institute constatou-se que trabalhadores da área de conhecimento gastam cerca de 28% de seu tempo de trabalho gerenciando e-mails.

Todos nós se preocupamos com a quantidade de e-mails que chegam em nossa caixa de entrada, e acabamos por apagar muitas delas que não nos despertam o interesse ou que julgamos ser mensagens sem importância alguma.

Gerencie sua campanha de e-mail marketing com muita sabedoria, pensando com calma que palavras você irá utilizar na sua linha de assunto. Pense que a mensagem para seu leitor é a melhor forma como se comunica no seu negócio. A questão principal não é sobre apenas um e-mail, mas a sobrecarga que existe na nossa caixa de entrada e poder separar o trigo do joio, ou, melhor dizendo, o que é chato do que é realmente importante.

Nosso desafio como profissionais de marketing ou que esteja relacionado à criação de e-mails é garantir que nossa mensagem seja aberta.

Então, vamos pensar em nós como sendo consumidores de e-mails, pessoas que estão o tempo todo sendo enlouquecidas com tanta informação.

Ao criar a linha de assunto de seu e-mail faça a seguinte pergunta: Você abriria este e-mail? Então com certeza você terá uma grande taxa de resposta.

Sucesso e não deixe de comentar.

 

Você pode se aprofundar ainda mais neste assunto lendo os artigos abaixo:

http://blog.hubspot.com/marketing/anatomy-of-5-star-subject-line-ht

http://www.campaignmonitor.com/blog/post/4042/effective-words-in-subject-lines

http://www.marketingprofs.com/articles/2014/24763/how-to-craft-the-perfect-email-subject-line#ixzz30OUI9eYm

http://www.adestra.com/resources/downloadable-reports/2013-subject-line-analysis-report/

http://sonjajobson.com/6-subject-line-hacks-skyrocket-open-rates/